Categorias
Notícias

Comércio aberto pode evitar aglomerações no Dia das Mães, analisa FCDL-GO

Com lojas de rua de menor porte, que dependem muito do faturamento diário para se manter de pé, o comércio principalmente do interior tende a imprimir uma retomada mais rápida aproveitando a abertura nos próximos 14 dias para fazer vendas antecipadas do Dia das Mães. A análise é da FCDL-GO (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Goiás), que vê na decisão de manter a economia aberta uma oportunidade para superar os prejuízos e faturar na data comemorativa, evitando aglomerações na véspera do Dia das Mães, celebrado neste ano em 9 de maio.

“É fato consumado para lojistas e para consumidores os cuidados que precisam ser tomados na prevenção à Covid-19. Agora, sobretudo na véspera do Dia das Mães, precisamos dar tempo ao consumidor para ele fazer suas compras com tranquilidade, evitando aglomerações. Por isso, nossa avaliação é que o governo estadual e a Prefeitura de Goiânia foram muito assertivos ao manter a economia em funcionamento, sem descuidar do enfrentamento ao coronavírus”, diz o presidente da FCDL-GO, Valdir Ribeiro.

Fonte: Assessoria de Comunicação/FCDL-GO

Categorias
Notícias

FCDL-GO comemora reabertura definitiva do comércio em Goiânia

A FCDL-GO (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Goiás) acompanhou nesta segunda-feira (13) as cerimônias de lançamento e assinatura do decreto da Prefeitura de Goiânia que reabriu definitivamente o comércio na capital a partir de hoje (14). Os eventos ocorreram, respectivamente, no Palácio das Esmeraldas e no Paço Municipal, em Goiânia, com participação do presidente da FCDL-GO, Valdir Ribeiro, que representou as CDLs do Estado.

Desde o início da pandemia da Covid-19, em março, a FCDL-GO tem dialogado com o Governo de Goiás e a Prefeitura de Goiânia defendendo a reabertura responsável do comércio.

Vários ofícios foram protocolizados pela FCDL-GO no Estado argumentando que o comércio tem condições de retomar suas atividades com segurança, se precavendo do novo coronavírus.

As negociações com o Estado são feitas através do FEE (Fórum das Entidades Empresariais), onde a FCDL-GO tem assento. Já na capital, a Federação tem atuado junto ao Comitê de Crise da Prefeitura de Goiânia para buscar a reabertura do comércio, que ocorre agora em definitivo.

“O comércio, com o cumprimento das medidas de prevenção, pode ser um dos lugares mais seguros para as pessoas quando elas estiverem fora de casa. Além disso, a retomada da economia vai significar também um fôlego novo para as empresas, já tão combalidas pelos mais de 100 dias de portas fechadas em Goiânia e em vários outros municípios”, diz Valdir Ribeiro.

O presidente da FCDL-GO acredita que a reabertura definitiva do comércio em Goiânia vai ao encontro das solicitações da Federação, que segue dialogando com as prefeituras também no interior, através das Câmaras de Dirigentes Lojistas.

Fonte: Assessoria de Comunicação/FCDL-GO